Última atualização: 20-04-2017 16:45:56
Imprimir
Página atualizada em 23-06-2014 09:06:07

Televisão Digital Terrestre (TDT) - Introdução

 
" (A) introdução de televisão digital terrestre (TDT) possibilita, designadamente, a oferta de um serviço com melhor qualidade de imagem e de som e uma utilização mais eficiente do espectro radioelétrico, o qual constitui um recurso escasso, libertando-se frequências para outras utilizações, tanto no âmbito da própria radiodifusão televisiva como de serviços de comunicações eletrónicas.

Neste contexto tecnológico e de mercado, solidificou-se, no final dos anos 90/início do século XXI, na União Europeia (UE) e, de uma forma geral, a nível nternacional, a intenção de cessação das emissões televisivas nalógicas terrestres, constituindo a TDT a solução mais natural para sua substituição, sendo que criaria também outras oportunidades.
(...).

"(E)m 24 de maio de 2005, a Comissão Europeia CE) adotou uma comunicação intitulada "Acelerar a transição da radiodifusão analógica para a digital", na qual fixou os objetivos da política comunitária para a referida transição e (...) propôs 2012 como prazo limite para a cessação das emissões analógicas em todos os Estados Membros (EM)".

In "Relatório Final do Grupo de Acompanhamento da Migração para a Televisão Digital (GAM-TD)" (versão pública), 25 de outubro de 2012.


Nota:
O GMCS fez parte do GAM-TD, em representação dos membros do governo responsáveis pelo setor da comunicação social, tendo participado em todas as reuniões do Grupo (2009-2012).

Imprimir
Página atualizada em 23-06-2014 09:06:07